Produtos inovadores que fazem o ciclista urbano sonhar

Nas cidades onde o ciclismo está crescendo, serviços e produtos inteligentes estão mudando a qualidade e a segurança nos trajetos

13 de Agosto de 2015

 Está acontecendo em São Paulo: a malha cicloviária vai alcançar a marca recorde de 400 Km ainda em 2015, segundo promessa da prefeitura, como alternativa ao deslocamento na cidade. Com mais espaço demarcado e mais conexões, tem mais gente pedalando em Sampa. Um exemplo é o trecho da Avenida Faria Lima, na Zona Oeste, que teve crescimento de 12% no número de ciclistas em apenas 2 anos, segundo contagem da Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo, a Ciclocidade.

Em torno deste tipo de endereço começam a nascer novos negócios, com produtos e serviços inovadores focados nas necessidades dos ciclistas urbanos. É o caso do Aro 27, uma oficina-café vizinho da Avenida Faria Lima onde os visitantes podem levar a bicicleta para um check-up mecânico ou usar o park and shower - o usuário paga uma taxa para estacionar a bike e pode tomar um banho.

Em cidades onde o número de ciclistas é crescente ou já é significativo, aumenta também a oferta de produtos especializados em que design e tecnologia são aliados de quem pedala mais de 20 km diariamente. A seguir, a equipe do Caminhos para o futuro selecionou cinco novidades mundiais do setor:

1. Um exemplo é a Seil Bag, criada em Seul, na Coreia do Sul, por um designer. É uma mochila que usa LEDs programáveis para enviar mensagens para quem está atrás da bicicleta. Para acionar os sinais, basta ativar um controle remoto preso no guidão. Mensagens como “pare” ou a indicação do sentido que o ciclista ira tomar aparecem na mochila, sinalizando carros e pessoas próximas. O kit com mochila e controle custa 299 dólares.

Outro exemplo é o Hammerhead, que traz a geolocalização para o guidão da bicicleta. Funciona assim: o ciclista traça a rota desejada no seu smartphone e sincroniza com a bicicleta. Um GPS aplicado ao guidão mostra o caminho por meio de luzes indicadoras. Custa 85 dólares e está em pré-venda.

Zackees é uma luva que emite alertas para sinalizar a troca de faixa durante as pedaladas. O item, à prova d´água, foi criado por um engenheiro e custa 99,99 dólares.

4. O Skylock é uma trava inteligente, que possui acelerômetro e Wi-Fi embutidos. Se alguém mexer na sua bicicleta enquanto ela estiver trancada, a trava envia uma notificação para o seu smartphone. O item custa 159 dólares e também está em pré-venda.

5. O Icedot é um capacete com sensor de acidente que pode ser sincronizado com um smartphone. Caso ocorra um impacto, o capacete envia uma mensagem para o celular do dono. Se não houver uma resposta positiva, o sistema dispara alertas para pessoas cadastradas em uma lista prévia no app, que recebem informações do possível acidente, como posição exata do ciclista. O sensor custa 119 dólares.

 


Fonte: revistagalileu.globo.com

Voltar